Começa o curso de especialistas em políticas públicas

em EPP em Foco 410 visualizações

Aulas serão ministradas diariamente na Fundap até 4 de dezembro

Os 150 candidatos melhores classificados no concurso público de especialista em políticas públicas frequentam desde segunda-feira, 31 de agosto, o curso de formação ministrado pela Fundap (Fundação do Desenvolvimento Administrativo), órgão vinculado à Secretaria de Estado de Gestão Pública. Última etapa do concurso público que selecionará os integrantes desta nova carreira, o curso terá 480 horas de duração e encerra-se no dia 4 de dezembro de 2009.

As aulas serão ministradas diariamente, na sede da Fundap em São Paulo, em período integral. Durante o curso, os participantes receberão uma bolsa-auxílio correspondente a 75% do valor do salário inicial da função – ou seja, R$ 2.850,00. O salário inicial é de R$ 3.800,00.

Serão 320 horas de capacitação geral e 160 horas de formação específica. De acordo com o interesse do candidato, ele poderá se aperfeiçoar em uma das seguintes áreas de governo: Segurança Pública e Administração Penitenciária, Saúde, Educação, Infraestrutura e Cidadania.

O candidato será submetido a uma prova ao final de cada um dos cinco módulos que compõem o curso. Ele também passará por uma avaliação final: um trabalho de conclusão de curso, que deverá ser feito a partir de um estudo de campo realizado em uma das Secretarias de Estado visitadas pelo aluno para a pesquisa da área de seu interesse. A nota final será a média das provas e desse trabalho dirigido.

Só será aprovado quem freqüentar 95% das aulas e tiver uma nota na avaliação final de, no mínimo, 60 pontos. A nota máxima é de 100 pontos. Os resultados das avaliações parciais serão divulgados no site da Fundap (www.fundap.sp.gov.br). A previsão é de que o resultado final será publicado pela Secretaria de Gestão Pública do Estado de São Paulo, no Diário Oficial do Estado no dia 15 de dezembro. Os aprovados no curso devem tomar posse em seus cargos no início de janeiro de 2010.

“O rigoroso processo de seleção dos especialistas em políticas públicas tem como objetivo elevar o nível de exigência na contratação destes servidores com o objetivo de atrair profissionais bem qualificados para esta carreira”, diz o secretário de Gestão Pública, Sidney Beraldo. “Os especialistas em políticas públicas vão fortalecer a capacidade de gestão do governo no controle e avaliação dos gastos e aprimorar a qualidade dos serviços prestados à população, tornando as políticas públicas mais eficientes, eficazes e contínuas”, completa o secretário.

Nova carreira

As carreiras de especialista em políticas públicas e de analista em planejamento, orçamento e finanças públicas foram criadas pela Lei Complementar nº 1034, sancionada pelo governador José Serra em janeiro de 2008. No total, foram aprovados 1.300 cargos e destinadas 500 vagas para a carreira de especialista em políticas públicas.

Neste primeiro concurso público, promovido pela secretaria de Gestão Pública, serão preenchidos 150 cargos, para os quais 3.755 pessoas se inscreveram. Para a contratação dos demais profissionais serão realizados concursos periodicamente.
O salário inicial do especialista em políticas públicas é R$ 3.800,00 e atinge R$ 8.063,53 no topo da carreira sem contar os benefícios próprios do setor público.

Estes profissionais vão trabalhar na capital, na secretaria de Gestão Pública e em outras pastas do Governo de São Paulo, de forma descentralizada. Os especialistas serão responsáveis por planejar, implementar e avaliar a execução das políticas públicas do governo paulista em áreas como educação, justiça, trabalho e habitação, entre outras. Também está entre as atribuições do cargo desenvolver, negociar e avaliar os contratos de gestão com foco na melhoria da qualidade dos gastos públicos.

Na primeira etapa do concurso público, os candidatos foram submetidos a provas objetivas de conhecimentos gerais e de conhecimentos específicos, com 80 questões em cada exame. Os participantes também tiveram uma avaliação discursiva. Já a segunda fase consistiu na prova de títulos.

A lista dos aprovados nestas duas etapas, de acordo com a classificação final, foi publicada no Diário Oficial, e está disponível na internet no site da Imprensa Oficial (www.imprensaoficial.com.br) e no site da Fundação Carlos Chagas (www.concursosfcc.com.br).

O curso de formação é a última fase do concurso público e também terá caráter eliminatório.

Serviço:

Curso de Formação de Especialista em Políticas Públicas
Duração do curso: 31 de agosto a 04 de dezembro
Horário: das 9h00 às 18h30, de segunda a sexta-feira
Local: Fundap – Rua Cristiano Viana, 428 – Cerqueira César – São Paulo SP
Número de alunos: 150 – os melhores classificados no concurso público.
Divulgação dos aprovados no curso: 15 de dezembro
Sites para consulta: www.imprensaoficial.com.br, www.concursosfcc.com.br e www.recursoshumanos.sp.gov.br

Fonte: Secretaria de Gestão Pública